Posts Tagged ‘bw

02
dez
08

Insensate Poster by Gareth Pugh.

o designer de moda alternativo Gareth Pugh se uniu ao visionário fotógrafo Nick Knight para produzir o material da sua coleção outono/inverno 2008. o material inclui, além do lookbook, um vídeo e um pôster exclusivo. tudo esbanjando a aura macabra e fantasmal, mas ao mesmo tempo bonita e sublime, da nova coleção de Pugh.

para o vídeo, chamado Insensate, ele teve como ponto de partida inspirações vindas dos filmes “O Mágico de Oz” e “O Predador”, o que resultou numa experiência hipnotizante em p/b. a trilha sonora atmosférica do artista Matthew Stone e os efeitos com simetria apenas aumentam o teor alucinógeno e macabro do vídeo.

outro ponto interessante é o pôster criado para o Insensate. seguindo a temática do vídeo, ele é todo em p/b e meio abstrato, meio gótico. o melhor de tudo é que ele está disponível para download, no formato pdf em alta resolução, no site ShowStudio de Nick Knight. quem quiser arte de Gareth Pugh gratuita, no entanto, deve se apressar, pois o download só estará disponível até o dia 07.12.

todos que fizerem o download receberão um número de série único estampado no canto do seu arquivo, que na verdade traz o pôster separado em 24 folhas tamanho A4. instruções de como montá-lo estão no site, e qualquer um pode fazê-lo, desde que tenha tinta preta suficiente nos cartuchos da impressora.

http://www.showstudio.com/project/insensate

10
out
08

cool covers vol.4

“I STOLE MY SISTER’S BOYFRIEND. IT WAS ALL WHIRLWIND, HEAT, AND FLASH. WITHIN A WEEK WE KILLED MY PARENTS AND HIT THE ROAD”

esses são os dizeres escritos na arte de capa do clássico álbum Goo do Sonic Youth, de 1990. feita pelo artista plástico Raymond Pettibon, ela é um exemplo típico de suas obras: arte simplista, geralmente usando apenas tinta, inspirada em quadrinhos e com textos contendo sugestões ambíguas, iconoclastas ou chocantes.

Goo LP cover by Raymond Pettibon

Goo LP cover by Raymond Pettibon

a ilustração foi baseada numa foto paparazzi de David and Maureen Smith, dirigindo para o julgamento de Ian Brady e Myra Hindley, os Moors Murders, em 1966. (leia a história em inglês aqui)

Raymond Pettibon é americano, natural de Tucson, Arizona. sua história com a música já existe desde que ele começou a trabalhar como artista, no final dos 70 e durante todo os 80. nessa época, já era considerado pelo seus primeiros admiradores, o artista não-oficial do punk, pois criava livretos independentes, os fotocopiava, e os vendia por um ou dois dólares.

02
out
08

Ma Dame by Jean Paul Gautier ad.

o design do frasco é interessante, mas simples. a motivação punk é boa, mas nada inovadora. a propaganda é bonita, mas parecida com qualquer outra propaganda de perfume. o diferencial? é a modelo.

ela é Agyness Deyn, top model do Reino Unido de 2007 e considerada por muitos fashionistas a nova Kate Moss. seu pulo do anonimato para o status de super top model se deu no ano passado. e Gautier a usou como inspiração para criar a sua fragrância mais recente, Ma Dame, lançada em Junho desse ano.

a fragrância carrega a ideia de ser ao mesmo tempo feminina e muito punk, buscando a verdadeira femininidade moderna. nenhuma outra modelo poderia estar no comercial, tinha de ser a nova Ma Dame de Gautier.

o que mais chama a atenção para a propaganda é a mulher que vai se transformando durante o comercial. o fato de o filme ser em p/b e a única cor presente ser o rosa do perfume e do logo, também é um fator visual interessante.

17
set
08

Charles Burns @ Adam Baumgold Gallery

peças assinadas pelo aclamado desenhista Charles Burns estão expostas na Adam Baumgold Gallery, em NY. esta é a primeira exposição solo em NY de Burns e inclui cerca de cinquenta peças feitas nos últimos 25 anos.

entre as ilustrações mostradas estão capas e desenhos da obra prima de Burns, a graphic novel de horror  “Black Hole”. além de desenhos feitos para várias revistas (incluindo a The New Yorker e a Esquire), como os desenhos de William Burroughs e Robert Crumb, feitos por ele.

as caracteríticas de seus desenhos estão como ponto destacado na exposição. geralmente monocromáticos, feitos usando apenas tinta preta eles seguem uma linha cheia de nostalgia da cultura pop e horror bleak. geralmente tematizando adolescentes e suas descobertas sexuais, mutações, pragas e violência. misturando o horror com uma beleza sublime.

Charles Burns ficou conhecido na revista americana dos 80, Raw. onde suas histórias em quadrinhos “Big Baby” e “Dog Boy” eram publicadas periodicamente. seus desenhos únicos já apareceram também em publicações como Rolling Stone, The New York Times, The Believer e também na capa do álbum “Brick by Brick” de Iggy Pop.

New Yorker (1994) by Charles Burns

"Frankstein & Dracula: New Yorker" (1994) by Charles Burns

Black Circle (2000) by Charles Burns

"Black Hole endpapers: Black Circle" (2000) by Charles Burns

Girl with Tail (1997) by Charles Burns

"Black Hole cover: Girl with Tail" (1997) by Charles Burns

Living in the Ice Age (1999) by Charles Burns

"El Borbah: Title Page: Living in the Ice Age" (1999) by Charles Burns

onde? quando?

Adam Baumgold Gallery, 74 east 79th Street, 10075 – New York, NY
de 05.09 > 12.10.2008
horas: Terças-Sábados: 11:00 > 17:30

28
ago
08

“Introduction to Fantastic Girls, Future Landscapes & the Most Beautiful Birds Ever Seen” by Gary Fernández.

Gary Fernández é um designer freelancer espanhol de muito sucesso. seus trabalhos gráficos, geralmente não-lineares, e a sua forma de mesclar diferentes gradações de cores rendeu a ele trabalhos importantíssimos na sua carreira.

atualmente baseado em Vancouver, Canada, ele já fez trabalhos para a Nokia, Playstation 2 Magazine, Coca-Cola e Camel, além de trabalhos em agências de peso como JWT, DDB e BBDO de Madri. ele também é o co-fundador e principal mente criavita da marca de camisas VelvetBanana, cujo nome foi inspirado no famoso álbum Velvet Underground & Nico, produzido por Andy Warhol.

recentemente ele lançou um artbook conceitual trabalhado e idealizado por ele desde a capa, chamado “Introduction to Fantastic Girls, Future Landscapes & the Most Beautiful Birds Ever Seen”. seguindo uma linha de ilustrações quase monocromáticas,  o livro mostra desehos de mulheres, pássaros e paisagens numa mistura surrealista retrô mas com o seu infalível toque líquido não-linear dando modernidade e leveza à tudo.

o livro estará à venda em breve, no próprio site oficial do designer. será uma edição limitada de apenas 500 cópias impressas em papel tipo “Old Mill”. o preço? 15€ mais os custos de entrega.

é um livro bonito, mas não é só isso. com certeza esse trabalho servirá de inspiração para muitos outros artistas. não só na linha do design gráfico, mas em vários segmentos diferentes, como moda ou design de jóias, por exemplo.

by Gary Fernández

by Gary Fernández

by Gary Fernández

by Gary Fernández