Posts Tagged ‘jazz

03
out
08

Yves Budin, the Sundance Kid.

jazz, jazz, jazz. essa é a grande inspiração do desenhista e artísta plástico belga Yves Budin, também conhecido como Sundance Kid.

ele cresceu desenhando, cercado por quadrinhos, até que leu “La Ballade de la Mer Salée”, uma história do grande clássico dos quadrinhos Corto Maltese, do mestre Hugo Pratt. para Budin, foi como um tapa na cara: logo em seguida ele destruiu todos os seus livros, o que chamou de “boulimie littéraire” (ou bulimia literária), salvando apenas Baudelaire, Rimbaud, Céline, Henry Miller, John Fante, Malcolm Lowry e Jack Kerouac. este último também teve um grande impacto na sua vida e o impulsionou a fazer uma grande viagem. durante a qual teve grande contato com a música, conhecendo Bowie, Iggy Pop, Syd Barrett, The Cramps, Kraftwerk… daí foi um passo para entrar em contato com o jazz, que se deu através das descrições magníficas dos clubes de jazz famosos ou não dos 50, feitas por Kerouac. o jazz que viria a ser a sua maior inspiração para realizar seus projetos artísticos.

fã confesso de Miles Davis, Yves Budin faz todo o espírito e a ideologia do jazz (e da música mais agressiva como um todo) transbordar de seus desenhos e pinturas. e ele não precisa desenhar um negro no auge da empolgação de uma jam session, tocando seu sax, para conseguir isso. ele consegue transmitir a atmosfera apenas desenhando um beco mal iluminado, à noite, por exemplo. todos os desenhos e pinturas, claro, possuem sua própria personalidade e esbanjam estilo.

Piano Fury by Yves Budin

"Piano Fury" by Yves Budin

Street Scene by Yves Budin

"Street Scene" by Yves Budin

Blow Man, Blow by Yves Budin

"Blow Man, Blow" by Yves Budin

Vesuvio Jazz Cafe by Yves Budin

"Vesuvio Jazz Cafe" by Yves Budin

Budin possui um livro, com várias de suas ilustrações sobre jazz, chamado “Visions of Miles”, publicado no ano passado, em Bruxelas, Bélgica. na ocasião do lançamento, houve uma exposição com os originais de algumas das ilustrações presentes no livro e exibição de filmes raros de Jean-Pol Schroeder sobre Miles.

como o próprio Budin citou, em um artigo: “because jazz is more than music, it is a way of life.”

Anúncios